• (21) 2266.4669
PERGUNTAS FREQUENTES



Perguntas

Como é o trabalho do Dr. Anderson?

A atuação é como clínico hepatologista, logo, doenças do fígado e vias biliares. As atividades compreendem consultas médicas, pareceres em pacientes internados e acompanhamento em internação hospitalar.

Quando devo procurar um hepatologista?

O hepatologista é especializado no tratamento de doenças do fígado e vias biliares. Isso inclui hepatites, cirroses, cálculos biliares. O profissional faz o diagnóstico de doenças relacionadas ao órgão e escolhe o melhor tratamento para cada caso.

Emagrecimento pode ser sintoma de doença hepática?

Sim. Além desse, sintomas comuns, apresentados por quem tem doenças no fígado, são fraqueza, pele e olhos amarelados, inchaço nas pernas e na barriga, hemorragia digestiva e alteração no ciclo menstrual.

O que é o fígado?

É um grande órgão localizado na parte superior do abdômen, do lado direito, abaixo do diafragma. É responsável por quase todas as funções metabólicas. Ele produz enzimas digestivas, proteínas, colesterol, glicose e outras substâncias. O fígado também é responsável pela metabolização de nutrientes absorvidos pelos intestinos, assim como pela limpeza de toxinas circulantes.

Quando diagnosticada uma doença no fígado, preciso fazer tratamento com uma nutricionista?

Uma profissional de nutrição pode ajudar bastante, já que uma dieta específica pode ser importante no tratamento e prevenção de complicações de algumas doenças, como no tratamento da esteatose hepática e na perda da massa muscular na cirrose.

Quais são os alimentos recomendados para quem tem algum problema no fígado?

Manter uma boa hidratação, com alimentação balanceada e com pouco sal. Nas hepatites agudas, deve-se evitar alimentos gordurosos. Vale lembrar que a ingesta de açúcar (como doces de suspiro), além de chás, não altera o desfecho da doença e podem ainda piorar o quadro.

Quais alimentos devem ser evitados por quem tem doenças no fígado?

Bebidas alcoólicas, refrigerantes, alimentos com muita gordura, frituras, condimentos, doces, ovos fritos, carnes vermelhas, embutidos e enlatados. Vale lembrar que a ingesta de açúcar (como doces de suspiro), além de chás, não altera o desfecho da doença e podem ainda piorar o quadro.

Existe ligação entre o câncer de fígado e a hepatite?

O fator de risco mais comum para o câncer de fígado é a infecção crônica por vírus da hepatite B ou C. Infecções como essa levam à cirrose hepática e são responsáveis por tornar o câncer de fígado um dos mais incidentes.

O que é a hepatopatia crônica?

É aquela definida como uma inflamação do fígado que se prolonga durante, pelo menos, seis meses.

Quais as formas de contágio da hepatite A?

Causada por vírus, o contágio desse tipo acontece principalmente pela água e alimentos contaminados.

Quais os sintomas da hepatite A?

Por vezes, pode ser apenas uma fraqueza no corpo e sintomas gerais. Náuseas, vômito, diarreia, cor amarelada na pele e nos olhos e escurecimento da urina indicam uma doença mais ativa.

Qual a diferença de contágio entre os tipos A, B e C?

Os três tipos são causados por vírus. Mas a hepatite A é contraída pela água e alimentos contaminados; já as hepatites B e C são principalmente pelo contato sexual e sangue.

Existe vacina para a hepatite?

Sim. A vacina para hepatite A foi introduzida no calendário infantil em 2014, para crianças de 1 a 2 anos de idade. Pessoas podem ser vacinadas contra hepatite B. A imunização é feita em três doses, e sua eficácia ocorrequando a vacina é tomada com intervalo de um mês entre a primeira e a segunda dose e de seis meses entre a primeira e a terceira dose. Não existe vacina contra a hepatite C.

Como prevenir o acúmulo de gordura no fígado?

Mantenha um estilo de vida saudável com uma alimentação balanceada e a prática de atividades físicas. Fique atento às medidas da circunferência abdominal, que não devem ultrapassar 88 cm nas mulheres e 102 cm nos homens. Além disso, beba bastante água e evite o consumo de bebidas alcoólicas.

O que é cirrose?

É uma doença causada como consequência de lesões no fígado que, ao cicatrizar, fazem com que o órgão vá perdendo sua função e caminhe para a falência completa.

Quem tem mais chances de desenvolver cirrose?

A doença é mais frequente em pessoas que tiveram inflamações e agressões crônicas no fígado, como hepatite, ou naquelas que abusam das bebidas alcoólicas.

Como me prevenir da cirrose e demais doenças hepáticas?

A melhor maneira de prevenção é mudanças no estilo de vida para um mais saudável. Evite o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e uma dieta muito calórica. Cuidado com medicamentos, o excesso pode ser prejudicial e informe-se sobre vacinas. Algumas doenças hepáticas como hepatite podem ser evitadas com vacinas. Não esqueça o preservativo nas relações sexuais.

O que são cálculos biliares?

Também chamados de pedras na vesícula, os cálculos são cristais de rocha formados dentro da vesícula biliar.

O que causa um cálculo biliar?

A causa concreta ainda não é conhecida. Mas uma das formas de desenvolvimento é quando o fígado excreta mais colesterol do que a bile pode dissolver. O excesso de colesterol pode se transformar nos cristais.

O que é icterícia?

É uma condição que deixa a região dos olhos e a pele amarelada. É um dos principais sintomas das doenças hepáticas, decorrente do acúmulo sanguíneo de bilirrubina (componente da bile produzida no fígado).

O que é ascite?

Também chamada de barriga d’água, a doença é caracterizada pelo acúmulo excessivo de líquido na região abdominal, dentro da cavidade. É um dos sintomas de diversas doenças hepáticas.

Existe algum chá para prevenir ou tratar doenças no fígado?

Não. Ao contrário do que se acha, alguns chás são inclusive tóxicos ao fígado. Nenhum chá possui recomendação formal para ser utilizado, assim como fitoterápicos. Vale lembrar que o fato de ser natural, não significa que não faz mal. Alguns dos piores venenos são oriundos da natureza.